Estatuto


MOTO GRUPO ANÔNIMOS DO ASPHALTO

FILOSOFIA E REGRAS                                                         

 FILOSOFIA:


“Somos pessoas comuns, com qualidades e defeitos, porém um grupo de motociclistas conscientes e responsáveis, feito na base da amizade, respeito, companheirismo e união, com espírito liberto e aventureiro que sente de uma forma muito especial a moto e o prazer que está pode proporcionar. Valorizamos a pessoa como indivíduo, independente de sua cor, raça, religião ou classe social.”

REGRAS:
1-    Usar, respeitar, defender o nome e o brasão do grupo;
·       A camiseta é nossa segunda pele, ela representa quem somos e mostra o que fazemos; devemos merece-la e honrá-la. Exibicionismo não é palavra do nosso dicionário;
·       Responsabilidade e maturidade sim! Respeito não se impõe, se conquista através de atitudes. Todo o sucesso sempre será do grupo, assim como toda falha deve ser admitida e o mais rápido possível corrigida;
2-    Pontualidade nas mensalidades;
·       Valor: 1,5% do salário mínimo vigente; (com fechamento pra valor mais próximo)
·       Vencimento: pagar preferencialmente até o dia 10 de cada mês;
·        Atrasos:       1 mensalidade: aviso verbal;
2 mensalidades: aviso por escrito;
3 mensalidades: acerto ou exclusão automática;
3-    Ser disciplinado;
·       Para casos de disciplina que estejam afetando o grupo, serão escolhidas 3 pessoas que atuarão em casos nas quais não foi possível um consenso entre as partes envolvidas;
·       Todo membro que exceder na bebida e não tiver condições de pilotar com segurança, os companheiros deverão “tomar-lhe a chave” ou proibi-lo de usar a motocicleta, mesmo que ele não concorde. “– Queremos um companheiro bravo e vivo! Não alegre e morto!”
4-    Participar ativamente das reuniões;
·       De 3 reuniões marcadas, “pelo menos” 1 o sócio deverá estar presente, caso contrário o grupo decidirá sobre a causa;
·       Será iniciada a reunião com a metade dos sócios, numa tolerância máxima de 10 minutos, com o não cumprimento desta regra será cancelada a mesma e marcado outro dia;
·       Comunicar o não comparecimento;
·       Todos terão direito a palavra dando sugestões ou criticas, mas também tem a obrigação de ouvir. “- Saber ouvir para melhor falar.”
·       Será marcada uma a cada + ou - 20 dias para tratar assuntos do grupo;
·       Os sócios somente poderão participar de reuniões festivas desde que regular com a tesouraria;
·       Pessoas estranhas ao grupo só poderão participar das reuniões festivas, artísticas ou sociais mediante convite ou ingresso fornecido de sócios que por eles se responsabilizarão;
5-    Participar ao maior n.º de encontros que o MOTO GRUPO estiver presente;
6-    Possuir habilitação;
7-    Ser responsável por seus atos;
8-    Possuir moto, não importa a cilindrada, marca ou estilo;
9-    Gostar de motociclismo;
10- Ser tolerante com as brincadeiras que naturalmente surgirão;
11- Respeitar outros brasões e irmãos de estrada;
12- Atuar na divulgação do MOTO GRUPO e disponibilização perante a sócios, sociedade e entidades;
13- Evitar a violência sem motivo coerente;
14- Não usar ou passar qualquer tipo de droga ou entorpecente;
15- Idade mínima de 18 anos;




Viagens:
Manter documentação e moto em dia para evitar problemas e atrasos. A saída do grupo se dará após 15 minutos de tolerância da hora marcada.

Família ,trabalho e vida pessoal:
São nossas primeiras responsabilidades, depois vem o prazer e a diversão. Gostaríamos que todos sempre estivessem presentes, mas nem sempre será possível, pois muitas vezes temos obrigações que exigem nossa presença. Aceitamos e respeitamos essa atitude, porém está na consciência de cada sócio procurar conciliar da melhor maneira possível seu tempo de forma a poder participar dos eventos e reuniões.

Admissão:
·         A pessoa deve ser conhecida entre os sócios
·         O pretendente precisa ser apresentado por um sócio ativo de no mínimo 3 meses.
·         Será realizada uma reunião no qual o pretendente não estará presente e será colocado em discussão, votação (secreta), aprovação ou rejeição.
·         Deverá obter 80% de aprovação dos presentes.
·         Após a reunião ele será comunicado por seu “padrinho” sobre a decisão, não estando obrigados aos sócios ativos a dar justificativa em caso de recusa.
·         Ele passará por um período de adaptação de 3 meses para conhecer e ser conhecido no grupo, no qual deverá pagar normalmente as mensalidades.
·         Se admitido, caberá ao padrinho aconselhar quando houver algum desvio de comportamental, bem como apresentar e esclarecer dúvidas com relação a filosofia e regras do grupo ao novo sócio.
·         Contribuir com a taxa de adesão de 3% do salário mínimo vigente.
·         Preencher a ficha do MOTO GRUPO.
·         Apresentar RG, CPF, CNH e documento da moto em dia.

Exclusão:
·         O sócio poderá ser excluído do MOTO GRUPO por aprovação da maioria e para retornar deverá ser aprovado por todos os presentes.
·         O mesmo que por conduta ou procedimento contrário as regras, não poderá a ele retornar.
·         É facultado ao integrante o direito de auto exclusão, uma vez que não se sentir confortável ou por outras causas.

Despesas e Receitas:
·         Se o sócio tiver alguma despesa, desde que comunicado com antecedência, ele terá direito de restituir-se do valor comprovando através de apresentação de notas ou qualquer outro fator verídico.
·         Qualquer sócio, se comprovado que estiver tendo lucro em cima do MOTO GRUPO, seja por venda de produtos ou desvio de verbas, será automaticamente excluído, não podendo mais o seu retorno.

Eleições:
·         Serão efetuadas e válidas por um período de 1 ano, para todas as funções.
·         Deverá ser democrática, em escrutínio secreto e múltipla escolha.
·         O sócio estará apto a exercer o direito de votar e ser votado desde que esteja de acordo com as regras do MOTO GRUPO e estar quites com as obrigações, tais como cadastro, mensalidades, etc...
·         É facultado a qualquer sócio a proposição da candidatura a todas as funções, desde que filiado formalmente ao MOTO GRUPO pelo menos 3 meses anteriores da eleição.
·         É facultado o direito à reeleições dentro dos critérios da votação democrática.
·         Na hipótese de desistência definitiva de cargos por quaisquer razões, antes do período de um ano, será convocada uma reunião para indicar um nome substituto, ou poderá convocar votação específica para o preenchimento do tempo restante até as próximas eleições.

Cargos:
·         Presidente: Edinho
·         1o.Vice-presidente: Rodrigo Klein
·         2o.Vice-presidente: André Hoose

Elaborado: 13/11/02 Revisão:04-01/02/05